Quartas-feiras

19h30 reunião de ensino

Domingos

19h culto & ministério infantil

(47) 3370-2119

224ª Semana - Jr. 17:11 - O cristão, os vícios e os jogos

Buscar

Categorias

25

Ago

224ª Semana - Jr. 17:11 - O cristão, os vícios e os jogos

Texto Chave:

“Como a perdiz que ajunta ovos que não choca, assim é aquele que ajunta riquezas, mas não retamente; no meio de seus dias as deixará e nos eu fim se fará um insensato”. Jr. 17:11.
 
Objetivo da Lição:

Ensinar que com o relaxamento constante dos bons costumes e dos padrões de conduta da sociedade sem Deus, os jogos, os vícios, as diversões e práticas imorais estão sendo legalizadas e consideradas como coisas normais e naturais.
 
Enfatizar:
 
a) Os vícios, inclusive os morais, destroem vidas e famílias. Eles também prejudicam lares cristãos. Na época em que vivemos, há uma onde de liberalismo que não vê pecado em quase nada e favorece práticas perigosas, que podem levar a destruição espiritual, disfarçadas de “coisas que não têm nada a ver”.  O verdadeiro cristão não se deixa levar por esta degeneração do mundo. O cristão precisa saber que tais coisas vêm do Príncipe deste mundo – o Diabo.
b) O Alcoolismo á luz da Bíblia – A Bíblia vê o alcoolismo de modo diferente do mundo. Nela, verificamos que o alcoolismo, a bebedeira e outros vícios, são vistos como atos pecaminosos. Is. 28:1. A primeira embriaguez foi experimentada por Noé logo após o dilúvio e causou um grande mal à sua família, resultando em maldição para seu filho Canaã (Gn. 9:21-25). Em Is. 5:11-12 vemos um topo de festa, no Antigo Testamento, semelhante ao que se passa nos jogos, nos bares, nos clubes e shows mundanos, em que a bebida alcoólica é fator indispensável para sua motivação. Os viciados são vitimas  de sofrimento, pesares, violência, queixas, adultério, prostituição, linguagem perversa, desequilíbrio mental, câimbras, vomito, derrame, hipertensão, etc. que são apenas algumas das danosas conseqüências do alcoolismo.  No Novo Testamento encontramos advertências em Lc. 12:45-46; 1 Co. 6:9-10; Rm. 13:13 e 1 Pd.  4:3-5.
c) O cristão e o fumo – O fumo é uma droga. No cigarro existem mais de 4 mil substancias prejudicais ao organismo humano. A cada 10 minutos morre um brasileiro de câncer no pulmão, de enfisema pulmonar, ou de doença cardiovascular, por causa do fumo.  No ano mais de 100 mil pessoas morrem no Brasil por causa desse vício maldito e no mundo são mais de dois milhões e quinhentos mil pessoas. O vicio é pecado e fumar é um vício.
d) O cristão e os jogos de azar – A propaganda das loterias, dos bingos e outros, iludem os incautos, prometendo-lhes riquezas fáceis. Nenhum desses jogos é de sorte, mas de azar.  Isso é amor ao dinheiro, desprezo ao trabalho, alimentar o vício e a ilusão da contribuição social feito pelo governo.
 
Ajuda para desenvolver a lição:

Os jogos de azar, oficializados ou não, são instrumentos prejudiciais à vida moral e social, pois levam as pessoas a confiarem na sorte, em lugar de se dedicarem com mais afinco ao trabalho honesto. Os vícios são meios destrutivos que o Diabo usa para ceifar vidas preciosas e empobrecer as famílias. Até o futebol de clubes e campos é apenas jogo e não mais esporte como arte. Que Deus guarde nossa família.  
 
SUGESTÕES:   (Obs. Veja matéria completa sobre o tema no Site da Igreja da Família).

1. Ouça um louvor (DVD, CD...) (Obs. CD de louvor na Livraria da Igreja)
2. Oração Inicial
3. Discutir o assunto com todos os presentes pedindo a opinião de cada participante.
4. Encerrar estimulando os presentes a decorar o texto-chave, em seguida faça uma oração agradecendo a Deus por cada vida presente.
5 – Pesquisa efetuada na Revista Lições bíblicas da CPAD. Elinaldo Renovato. (2002).